Pet Exótico ou pet tradicional?

É fato que o mercado pet no mundo todo aumenta a cada ano, e movimenta a economia com a oferta de produtos específicos para os animais e também serviços como clínicas veterinárias e salões de banho e tosa. Recentemente no Brasil, o mercado de pets exóticos como cobras, coelhos, papagaios, aves de rapina, lagartos, etc tem crescido muito, mas antes de levar o seu novo filhote para casa é preciso refletir em uma série de pontos.

Pets tradicionais x Exóticos








Pode parecer desanimador olhar os contras de se escolher um pet exótico, mas na verdade isto é apenas para alertar sobre a necessidade de planejamento e estudo antes da aquisição do animal. Com um exótico, não funciona compra-lo no impulso e leva-lo para casa para só depois arrumar as suas coisas como local para dormir, ração etc. A compra do animal precisa ser sempre o último passo, primeiro se deve comprar todo o equipamento que ele vai precisar, procurar informações sobre clínicas especializadas na espécie, sobre fornecedores de alimentos, e só depois de tudo pronto chega a hora mais aguardada: a compra do animal!

E existem muitas vantagens em se ter um animal exótico? A doutora especializada em exóticos Laurie Hess elaborou uma lista de 5 motivos para se escolher um exótico como seu pet. Veja a lista abaixo:

    1) Pets exóticos são tão diferentes de gatos e cães que ter um deles pode ser uma incrível experiência de vida.

Animais exóticos são fascinantes. Com seus comportamentos únicos e complexas interações sociais, tanto entre eles quanto conosco, eles realmente podem nos ensinar todos os tipos de novas informações. Mas esta particularidade pode ser um Espada de dois gumes para seu dono; esses animais exóticos possuem necessidades sociais e ambientais muito específicas. Portanto, antes de embarcar na jornada de se ter um pet exótico você precisa aprender tudo sobre a espécie pretendida, para que assim você não termine comprando um animal cujos requisitos são maiores do que você esperava.


   2)Muitas espécies de animais exóticos não demandam muito espaço.

Para muitos habitantes de grandes centros urbanos vivendo em pequenos apartamentos, um animal de estimação como um cão ou gato, que gastam a maior parte do tempo fora de uma gaiola e requerem muito espaço, acabam não sendo uma opção. Um mamífero pequeno (tal como um Hamster, gerbil, porquinho da índia, chinchila ou rato) ou mesmo um Réptil ou pássaro pequeno, podem viver em uma pequena gaiola e portanto, pode ser uma escolha mais viável. Pergunte a qualquer pessoa que tenha uma dessas espécies exóticas menores, e eles lhe dirão que estes animais de estimação podem fornecer o mesmo amor, companheirismo e satisfação de que um cão ou gato maior pode oferecer. Lembre-se, os melhores perfumes vêm nos menores frascos.

   3) Animais exóticos podem ser ótimos para pessoas alérgicas.

Embora muitas pessoas gostariam de ter um cão ou gato, eles muitas vezes não podem, porque eles ou membros de sua família  têm alergias à caspa que os animais peludos levam em seu pelo. 

Mas nem tudo está perdido para estas pessoas, já que elas podem ter um pet amoroso se escolherem um réptil (tais como um lagarto, tartaruga, cágado ou cobra) que não tem nem pelo e muito menos caspa na sua pele. Estas pessoas ainda podem considerar ter um rato ou porquinho da índia hairless(sem pelo) se não tiverem alergia crônica, e se eles não forem alérgicos a penas, podem ter uma ave. Então não se desespere caso seja alérgico à pelo!

    4) A maioria dos animais exóticos não precisam ser levados para passear


Para muitos proprietários ocupados de um pet que trabalham longas horas, possuir um cão que precisa ser levado para passear a cada poucas horas não é uma opção, porque eles não podem ir até suas casas para isso, e nem tem condições financeiras para pagar um “dog Walker” (passeador de cães). 

A boa notícia é  que a maioria dos animais de estimação exóticos não precisam de ser levados para passear, o que eles realmente precisam é ser manejados para se socializarem e terem uma boa qualidade de vida. A maioria das aves, pequenos mamíferos e répteis podem se adaptar aos horários cheios de seus donos quando se trata de "tempo fora da gaiola". Em geral, contanto que você arrume algum tempo para interagir com estes animais todos os dias, para a maioria das espécies de animais exóticos, o tempo que você dispõe para eles é flexível.

    5) Muitos pets exóticos tem uma expectativa de vida longa

As pessoas frequentemente comentam que nunca poderiam possuir um pet porque eles ficariam tão unidos a ele, que eles não poderiam suportar perdê-los. Claro, nenhum animal de estimação - exótico ou tradicional - vive para sempre. No entanto, certas espécies, tais como aves grandes e alguns répteis, podem viver entre 20-40 anos ou mais em cativeiro. Certamente, é necessário cuidar adequadamente desses animais - alimentação com dietas adequadas, recintos de acordo com as necessidades das espécies, e exames médicos regulares – para que possam viver de acordo com o seu potencial genético. Mas para muitas pessoas que sofreram a perda de um animal de vida relativamente curta, como um cão, um gato, um pequeno mamífero ou um pássaro pequeno, a perspectiva de se ter um animal de estimação com expectativa de vida muito longa é atraente. 


Mais uma vez, essa longevidade pode ser uma bênção ou uma maldição, por isso antes de sair correndo para comprar ou adotar um novo Réptil ou ave grande, você deve considerar seriamente se você tem tempo, estilo de vida e finanças disponível para sustentar um animal de estimação que pode viver mais do que você!

Por  Laurie Hess - Tradução nossa. Original aqui.


Ao ver todos estes motivos para se ter um pet exótico, muitos poderiam pensar que os cães e gatos sejam menos importantes, mas é claro que não! Eles também são pets incríveis e o que deve influenciar nossa escolha entre um pet tradicional e um exótico não é apenas nosso gosto pessoal mas principalmente o nosso estilo de vida e o espaço que poderemos oferecer ao animal. Não adianta querer ter um Golden retriever em um pequeno apartamento e não ter tempo de levá-lo para passear, assim como não vai funcionar ter uma coruja se você morre de nojo de ratos, afinal eles são a base da alimentação destas aves noturnas. Por isso se informe antes de comprar o seu pet!

Ter um animal exótico é uma experiência de vida incrível, é interagir com um animal que antes você só via no zoológico, é realizar um sonho de criança. Com responsabilidade e muita dedicação e informação eles se tornarão excelentes companheiros de vida, e tornarão a vida de seus donos mais plena e feliz. E se você puder unir em sua casa pets tradicionais e exóticos, como é o meu caso, melhor ainda! E ano que vem a minha família pet vai aumentar, aguardem as novidades! ;-)




Um grande abraço,

Kátia Boroni

corujandoporaiea@gmail.com


Referências:


Imagens:

Acervo pessoal, Wikicommons e Pinterest.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como funciona a audição das corujas?

Saiba tudo sobre a Egagrópila

O criador das Corujas